As viagens corporativas são extremamente proveitosas para as empresas e são, na maioria das vezes, fundamentais para o crescimento do empreendimento. Elas são grandes oportunidades para os funcionários adquirirem novos conhecimentos, para a empresa vender produtos, serviços e fechar negócios.

Porém, viajar a trabalho carece de uma série de cuidados para evitar problemas. A grande maioria dos empecilhos pode ser evitada através do correto planejamento da viagem e da gestão inteligente de informações. Para ajudá-lo, separamos neste post os 6 problemas mais comuns em viagens corporativas.

Veja a seguir e aprenda como superá-los e evitar prejuízos para a empresa. Confira!

1. Não planejar a viagem de forma eficiente

O planejamento é fundamental em qualquer setor e processo da empresa; sem ele, é impossível manter o crescimento da corporação no mercado. E as viagens corporativas não fogem à regra. É muito importante fazer o levantamento de todas as informações do destino e do translado aéreo quando necessário. Planejando a viagem com antecedência, é possível conseguir melhores tarifas e buscar com calma por descontos e valores mais acessíveis, significando economia para o caixa da empresa.

2. Comprar a passagem em cima da hora

Obviamente, viagens de última hora podem ocorrer; mas saiba que elas possuem um custo altíssimo para a empresa. Passagens aéreas compradas perto das datas da viagem são muito mais caras. Por isso, sempre que possível, procure comprar os tickets com antecedência, evitando prejuízos desnecessários para a empresa.

3. Não fazer registro das viagens passadas

A maioria das empresas costuma viajar para os mesmos destinos com grande frequência. Por isso, é fundamental que se tenha um registro de todas as viagens; desta forma consegue-se fazer um controle melhor dos gastos e negociar melhores tarifas. Além disso, possuir registro das viagens corporativas é uma ótima forma de conseguir fazer parcerias com hotéis, companhias aéreas e outros estabelecimentos.

4. Esquecer-se de fazer seguro para a viagem

O seguro para viagem é imprescindível, independentemente de qual seja o destino ou o tempo de duração. É extremamente comum as empresas esquecerem-se de fazer o seguro dos colaboradores, o que pode causar prejuízos. Por mais que se tome cuidado, acidentes, roubos e extravios podem acontecer, trazendo gastos altíssimos para a companhia. Portanto, sempre que for viajar ou planejar uma viagem, não deixe de solicitar o seguro.

5. Falta de informações sobre o destino

É fundamental que o viajante pesquise informações sobre o destino. Conhecer o clima do local, os estabelecimentos próximos, trajetos a serem feitos, moeda, documentos e idioma — em caso de viagens internacionais. Não conhecer essas informações pode levar a uma série de empecilhos que resultam em gastos desnecessários para a empresa e para o viajante.

6. Não conhecer a política de gastos da empresa

Todos os viajantes, antes de pegar a estrada ou entrar no avião, precisam conhecer a política de viagens da empresa. Conhecer prazos, orçamentos, tipos de transporte e solicitação de hospedagem é essencial para evitar qualquer tipo de prejuízo para o viajante e para o empreendimento.

Agora que você conhece os problemas mais comuns em viagens corporativas e sabe como evitá-los, não deixe de ler e conhecer os principais documentos e taxas para sua viagem internacional.